O Dízimo do Tempo


A palavra dízimo vem de décima parte. Os judeus entregavam para Deus, no templo, a décima parte de tudo o que a terra produzia. Eles davam 10% de sua colheita e ficavam ainda com 90% para manter suas famílias.

As Escrituras nos convidam a experimentar Deus através do dízimo: “Traga o dízimo completo para o cofre do templo, para que haja alimento em sua casa. Façam essa experiência comigo e vocês verão se não derramo sobre vocês as minhas bênçãos de fartura” (Mal 3,10).

Mas, aqui, vamos falar a respeito do dízimo do tempo.

Se dízimo é a décima parte e se o dia tem 24 horas, então 10% desse tempo equivalem a 2 horas e 40 minutos. Portanto, esse tempo do nosso dia deve ser dedicado ao Senhor.

Durante esses momentos, o correto seria parar com tudo o que estamos fazendo para nos entregarmos à oração, à leitura da Palavra, à meditação e escuta da vontade de Deus.

Você poderia dizer que não tem como dar todo esse tempo, diariamente, para Deus. Ou ainda: Eu rezo o Terço andando! Eu fico o dia todo trabalhando e pensando em Deus! É claro que isso é válido, mas precisamos aprender a parar para rezar. Precisamos, nesses momentos, nos concentrar somente em Deus.

Eu pergunto: – Você come um prato de comida atravessando a rua? Você toma banho comendo ou dormindo? Para as coisas mais básicas da vida, como comer, tomar banho ou dormir, precisamos de tempo. Por que, então, com a oração não fazemos o mesmo? Se usarmos 10% do nosso tempo para rezar, ainda nos sobram 90% para fazermos todas as outras coisas.

Quando falamos do tempo que precisamos reservar para Jesus, estamos falando do tempo que já é dEle e que usamos para nós.

Eu questiono: – Quanto tempo do seu dia você tem dispensado ao Senhor?

Vejamos o Salmo 127,2: “É inútil que vocês madruguem e se atrasem para deitar, para comer o pão com duros trabalhos. Aos seus amigos ele dá enquanto dormem!”

Poderíamos, firmar alguns propósitos com o Senhor. Se acharmos muito 2 horas e 40 minutos, podemos começar com 1% do nosso dia, o que equivale há 24 minutos. Se ainda for muito, podemos diminuir para 0,5% (metade de 1%), que corresponde a 12 minutos diários de oração.

O Senhor respeita os nossos limites, mas Ele também quer que estabeleçamos metas. Então, gradativamente, conforme a nossa capacidade vamos aumentando o tempo que lhe damos.

Que possamos abraçar o desafio de darmos a Deus o dízimo justo do nosso tempo. Então, com certeza, vamos experimentar a abundância de sua graça sobre a nossa vida.

Eliana Merchan

  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Deixe um comentário

   
 
 
 
 
Chega ao Brasil o primeiro equipamento de radioterapia intraoperatória
Aparelho proporciona resultado clínico equivalente... 

Bebedouro está entre as 20 cidades que mais geram emprego no Brasil
O município de Bebedouro está entre as... 

Projeto “Trilha Ecológica” continua no Parque Ecológico de Bebedouro
A Prefeitura de Bebedouro, por meio do Departamento... 

Meriam salva da morte por apostasia
Acabou o pesadelo para Meriam: a jovem sudanesa... 
 
 
  Homilia Dominical
Missa do 16º. dom. comum: Sabedoria 12,13.16-19; Romanos 8,26-27; Mateus 13,24-30.36-43

  Família
O que a Igreja ensina nos casos de casais que não conseguem ter filhos

  Homilia Dominical
Missa do 15º. dom. comum. Isaías 55,10-11; Romanos 8,18-23; Mateus 13,1-23

  Homilia Dominical
Missa de São Pedro e São Paulo