Papa reza diante das Relíquias dos Santos peruanos


Após a Oração da Hora Média com as Religiosas de vida contemplativa no Santuário do Senhor dos Milagres, o Papa Francisco se dirigiu para a Catedral Basílica de Lima dedicada a São João Apóstolo e Evangelista.

A Catedral está localizada no centro histórico de Lima, diante da Plaza Mayor. A sua origem remonta a 1535 quando o conquistador Francisco Pizarro colocou a primeira pedra daquela que deveria ser a igreja mãe da cidade. Foi inaugurada pelo próprio Pizarro em 1540. A construção inicialmente era dedicada a Assunção de Nossa Senhora. A nova dedicação a São João foi decidida quando a igreja se tornou catedral.

No interior da Catedral o Santo Padre se deteve em oração diante das Relíquias dos Santos peruanos.

Presentes na Catedral Basílica cerca de 2.500 pessoas entre sacerdotes, religiosos, seminaristas, membros de movimentos eclesiais e agentes de pastoral.

Após alguns momentos em silêncio diante do altar com as Relíquias dos Santos peruanos o Papa fez uma oração junto com os presentes:

Deus e Pai nosso,

que, por meio de Jesus Cristo,

instituístes a Igreja

sobre o fundamento dos Apóstolos,

para, guiada pelo Espírito Santo,

ser no mundo sinal e instrumento

do vosso amor misericordioso,

nós Vos damos graças pelos dons

que concedestes à nossa Igreja em Lima.

Agradecemo-Vos, de forma especial,

a santidade florescida na nossa terra.

A nossa Igreja arquidiocesana,

fecundada pelo trabalho apostólico

de São Toríbio de Mogrovejo;

engrandecida pela oração,

pela penitência e pela caridade

de Santa Rosa de Lima e São Martinho de Porres;

enriquecida pelo zelo missionário

de São Francisco Solano

e pelo serviço humilde de São João Macías;

abençoada pelo testemunho de vida cristã

doutros irmãos fiéis ao Evangelho,

agradece a vossa ação na nossa história

e suplica-Vos a graça de ser fiel à herança recebida.

Ajudai-nos a ser Igreja em saída,

aproximando-nos de todos,

especialmente dos menos favorecidos;

ensinai-nos a ser discípulos missionários

de Jesus Cristo, o Senhor dos Milagres,

vivendo o amor, procurando a unidade

e praticando a misericórdia,

para que, protegidos pela intercessão

de Nossa Senhora da Evangelização,

vivamos e anunciemos ao mundo

a alegria do Evangelho.

Fonte: News.va

  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Deixe um comentário