Vaticano organiza simpósio contra armas nucleares


O Vaticano sediará de 10 a 11 de novembro o simpósio internacional “Perspectivas para um mundo livre de armas nucleares e para o desarmamento integral”. A conferência está sendo organizada pelo órgão vaticano para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral e incluirá um encontro com o Papa Francisco.

Este simpósio é um esforço do Papa Francisco contra as armas, sobretudo as nucleares. Greg Burke, diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, anunciou este evento em 30 de outubro. “O Santo Padre está trabalhando com determinação para promover as condições necessárias para um mundo livre das armas nucleares”, disse na ocasião.

O evento contará com a presença de onze vencedores do Prêmio Nobel da Paz, representantes das Organizações das Nações Unidas (ONU), das Organizações do Tratado do Atlântico Norte, bem como representantes de conferências episcopais, líderes de fundações e organizações civis. Também estará presente Masako WADA, Secretário-Geral Adjunto de Nihon Hidankyo, um dos últimos sobreviventes do ataque nuclear de Hiroshima e que representará as vítimas de armas nucleares e de experiências nucleares.

Representando a Santa Sé, estará presente o Secretário de Estado, Cardeal Pietro Parolin, e a liderança do órgão vaticano para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral.

“Esta Conferência no Vaticano representa a primeira reunião global acerca do Desarmamento Atômico após a aprovação do ‘Tratado de Proibição de Armas Nucleares’, assinado por 122 países da comunidade internacional (incluindo a Santa Sé), em Nova Iorque, em 7 de julho de 2017, e aberto à assinatura em 20 de setembro de 2017, na mesma cidade”, informa um comunicado do órgão vaticano emitido hoje.

O Papa Francisco receberá os participantes em uma audiência que acontecerá na Sala Clementina do Palácio Apostólico, no dia 10 de novembro, ao meio dia, quando fará o seu discurso oficial.

A Conferência contará com a colaboração da Embaixada da Itália junto à Santa Sé; Conferência Episcopal da Alemanha; Conferência Episcopal do Japão; Centro Interdisciplinar Scienze per la Pace (CISP), Università di Pisa; Universidade de Georgetown; Instituto Kroc para Estudos Internacionais de Paz da Escola Keough de Assuntos Globais; Mazda Motor Europe GmbH; Universidade de Notre Dame; Iniciativa de Ameaça Nuclear; Conferências Pugwash sobre ciência e assuntos mundiais; Senzatomica; Soka Gakkai International; Unione degli Scienziati per il Disarmo ONLUS (USPID).”

  • Twitter
  • del.icio.us
  • Digg
  • Facebook
  • Technorati
  • Reddit
  • Yahoo Buzz
  • StumbleUpon

Deixe um comentário